ptenes

Iremos comemorar o Sabbat de Samhain e junto Sabbat de Beltane.

A noite do Samhain é considerada, pelas Bruxas, como a noite de ano novo por esta conotação de "passagem" da morte para a promessa de uma nova vida de abundância.
Samhain representa o fim do ano, marcando o início de um novo ciclo na Roda do Ano.
A morte é o tema recorrente deste festival, relacionado culturalmente pelos antigos povos à posição mais baixa do Sol no horizonte, ao fim das colheitas, à hibernação dos animais selvagens, à morte da vegetação e ao sacrifício dos animais para conservar a carne para o período duro que se aproximava.
A Deusa assume sua face de Anciã, simbolizando a Terra que se tornará mais fria e escura sem a energia do Sol. Porém, a esperança era cultivada nos corações pois a Roda do Ano voltaria a girar com a volta do Sol em Yule, também era a antiga festa celta dos antepassados, da morte e da ressurreição: os mortos precisavam esperar até esta data para fazer a travessia para o "País do Verão", onde descansariam até renascerem novamente - por isso, na Bruxaria, esta é a época em que os véus entre os mundos ficam mais tênues.

O Sabbat Beltane representa o momento máximo de fertilidade e de amor. Na Roda do Ano, é em Beltane que o jovem Deus (Bel) atinge sua fase adulta e atrai a atenção da Deusa que o escolhe para ser seu amante. São acesos fogos que representam a energia sexual, a vida e o amor e que também servem para purificação. O Grande Rito representa a união sexual entre a Deusa e o Deus, a união que gerará vida para a Terra e trará fartura. Este rito é feito mergulhando o Athame (simbolizando o pênis) no Cálice (simbolizando a vagina).
O fogo é o principal elemento presente em todos os Sabbats. Contudo, no Sabbat Beltane, ele é o elemento de ainda maior importância. Sua luz e seu calor representam a virilidade e a força fértil do Deus. No centro da aldeia costumava-se acender uma grande fogueira em sua homenagem e as pessoas corriam e pulavam sobre ela num ritual de purificação, queimando as energias negativas.